Maço 32

Description level
Instalation unit Instalation unit
Reference code
PT/TT/TSO/0032
Title type
Formal
Date range
1606 Date is certain to 1831 Date is certain
Dimension and support
81 doc. (240 f.); papel
Custodial history
Em 2010, perante a desorganização encontrada dentro desta unidade de instalação, em virtude da documentação não se apresentar separada em capilhas, os documentos foram separados e acondicionados, tendo as capilhas sido numeradas sequencialmente - que podem conter documentos simples, ou documentos compostos ou macetes - tal como foram os respectivos conteúdos (desde que apresentassem dois ou mais fólios escritos e estivessem desprovidos de foliação original) de modo a possibilitar o mínimo de controlo físico.

Contém documentos truncados.

Este trabalho foi desenvolvido por Maria Filomena de Sequeira Carvalho (Torre do Tombo).



Em 3 de junho de 2014, foram retirados do maço 32 os 7 f. (f. 51 a f. 57) correspondentes à capilha com o n.º 16, e integrados no livro 458 das Habilitações do Conselho Geral, sendo o título "índice alfabético de nomes de pessoas – oficiais e comissários do Santo Ofício – relativo a maços".
Scope and content
Contém documentação pertencente ao Conselho Geral, à Inquisição de Lisboa, de Coimbra, de Évora, de Goa e à Inquisição de Castela e de Santiago (Espanha).



Reúne correspondência expedida por Bento Paes do Amaral, inquisidor de Coimbra, sobre a condução dos sentenciados e condenados Gines António Ramires, e Fernando José Gomes Pestana, o primeiro para as galés, e o segundo para ser entregue ao alcaide a fim de cumprir a pena em Mazagão (1742), de Clemente José da Cunha dirigida a Manuel Francisco das Neves, de Manuel de Matos e Silva, de António de Paiva e Pona, e também cartas de teor espiritual, uma assinada por Mariana Inácia de São Miguel (1745).



Contempla correspondência recebida da Inquisição de Castela, a pedir à Inquisição de Lisboa, informações sobre António de Novais Ferraz, bem como correspondência recebida da Inquisição de Évora, e ainda listas de pessoas que confessaram, que foram enviadas à Inquisição de Coimbra e à de Évora.



Contém ainda correspondência remetida da Inquisição de Coimbra alusiva ao Terramoto de 1755, e também enviada a Manuel Correia da Fonseca.



Reúne documentos de receita e despesa, a saber, despesa dos presos, rol do que devem os comissários ao escrivão dos livros findos, da cidade de Braga, António Ferreira, apontamentos sobre as folhas dos ordenados e das propinas, entre outros.



Compreende a apresentação de uma petição de Domingos Seia (1606-1607), bem como de uma sentença, certidão e petição apresentadas pelo doutor Diogo Pereira.



Inclui o requerimento de Manuel Moreira e inquirição de testemunhas, provisão passada a Sebastião de Matos para realizar a visitação em Coimbra, rascunhos, aviso régio assinado pelo marquês de Alegrete dirigido ao Núncio Extraordinário (1715), requerimento dos confrades do Senhor Jesus da Paz e Nossa Senhora da Conceição, sita na Ermida do Campo de Santa Ana.



Integra a informação sobre a promoção de lugares de deputados do Conselho Geral enviada para o Rio de Janeiro, Brasil, requerimentos de Matias Borges Lopes, e certidões de casamento e óbito, correspondência remetida por André Corsino de Figueiredo, e resposta de Inácio Correia de Sá, entre outros.



Inclui apontamentos - da citação para a cópia da prova da justiça, e o requerimento do promotor antes da publicação -, a lembrança do vigário da Igreja de São Pedro do lugar das Mós, bispado de Lamego, do livro que possui intitulado "Arte de bem morrer e guia do caminho da morte", do [mestre] António de Alvarado, pregador de São Benito o Real de Valladolid, impresso em Lisboa, por ordem do padre frei Marcos da Trindade, da Província Terceira da Ordem de São Francisco, 1616.



Contempla a lista de diligências do Santo Ofício executadas por José António Saraiva, requerimentos e pareceres sobre o padre Fortunato da Encarnação Cardoso (penitenciado) prior proprietário da Igreja de Nossa Senhora da Graça, bispado de Coimbra (1792-1797), bem como informações dadas pelos inquisidores de Coimbra e de Lisboa sobre a petição de João Bernardes Barreto, e do padre António José Monteiro, presbítero secular, natural da cidade do Rio de Janeiro, processado e penitenciado, e ainda listas de pessoas notificadas.



Inclui o requerimento do tenente António Pereira da Silva, da cidade de Oeiras do Piauhy, bispado do Maranhão, e informação da petição de José de Barros Correia, natural do Recife de Pernambuco, sentenciado pelo crime de bigamia, e ainda de José Dias, pardo, natural de Pernambuco a cumprir cinco anos de degredo nas galés (1798).



Integra correspondência remetida da Inquisição de Goa, Índia.



Compreende requerimentos de Francisca Joaquina das Neves, viúva do meirinho do Tribunal do Santo Ofício, informação dos inquisidores e despacho do Conselho Geral, e também de Manuel Caetano da Costa Pinto de Sousa, familiar do Santo Ofício de Lisboa, a solicitar licença para casar com D. Ana [?] de Mendonça Zuniga, de Brízida Teresa Favacha, de Évora e carta de José de Almeida do Amaral.



Contém o soneto "Não foi, ó rei Sublime, ó Rei Poderoso, (…)" dedicado a D. Miguel I, por Cipriano José Cordeiro, criado de Sua Majestade, e tesoureiro da real Capela da Bemposta (1831).



Integra documentação relativa ao Fisco: o auto de arrematação do vinho, na cidade de Lamego, portaria do inquisidor geral da mercê de mil réis, dada ao tesoureiro do Fisco de Lisboa, António Valente de Carvalho, a minuta da provisão de D. José Maria de Melo, bispo titular do Algarve, inquisidor-geral, dada a João José de Sousa Lobo, da cidade de Lisboa, do ofício de tesoureiro, e depositário dos bens do Fisco de Lisboa (1816).



Contém a escritura de obrigação feita por Simão Ferreira a Nuno Dias de Brito, da entrega de mercadorias, passada em publica-forma, em Lisboa (1608-1610).



Contempla correspondência, e denúncias do crime de feitiçaria, entre outros, feitas por padres, frades – Lourenço do Bom Pastor -, comissários, de particulares como João Hughey (morador em Lisboa) a denunciar a sua irmã residente no Porto, na companhia de um alfaiate, para que seja expulsa da cidade "por particular razão".
Physical location
Tribunal do Santo Ofício, mç. 32
Previous location
Documentos por identificar
Language of the material
Português e espanhol
Type of container
Outro
Creation date
24/02/2011 00:00:00
Last modification
26/09/2017 12:42:47