Maço 31

Description level
Instalation unit Instalation unit
Reference code
PT/TT/TSO/0031
Title type
Formal
Date range
1633 Date is certain to 1806 Date is certain
Dimension and support
83 doc. (182 f.); papel
Custodial history
Em 2010, perante a desorganização encontrada dentro desta unidade de instalação, em virtude da documentação não se apresentar separada em capilhas, os documentos foram separados e acondicionados, tendo as capilhas sido numeradas sequencialmente - que podem conter documentos simples, ou documentos compostos ou macetes - tal como foram os respectivos conteúdos (desde que apresentassem dois ou mais fólios escritos e estivessem desprovidos de foliação original) de modo a possibilitar o mínimo de controlo físico.

Contém documentos truncados.

Este trabalho foi desenvolvido por Maria Filomena de Sequeira Carvalho (Torre do Tombo).

Scope and content
Contém documentação pertencente ao Conselho Geral, à Inquisição de Lisboa, de Coimbra, e de Évora.



Inclui o índice alfabético de nomes de pessoas e topónimos relativo a Portugal e ao Brasil, poderá pertencer, eventualmente, a um livro de nomeações ou de juramentos.



Contempla correspondência de frei Gonçalo da Conceição, de comissários do Santo Ofício, entre outros, acerca de denúncias: de feitiçaria, sodomia, inimizade entre família, visões e adivinhação – informação de frei João de São Francisco, no Convento de São Francisco de Guimarães, acerca do que lhe transmitira a madre abadessa de Santa Clara que a beata Rosa (que pretendia ser freira), dizia que tinha revelações e sabia o que se passava com as religiosas, sem que alguém a informasse (1732), entre outros.



Integra apontamentos sobre frei Bento de São Diogo, religioso de São Francisco da Província de Portugal, do Convento de São Francisco da Ponte, que se fazia passar por confessor (1733), bem como a informação sobre a violência exercida sobre frei Guilherme no Hospício de Nossa Senhora da Penha, situado na Serra de Santa Catarina, junto à vila de Guimarães – doado por frei Guilherme Marinho de Santa Maria, francês, religioso anacoreta de Santo Antão abade, da Província de Nossa Senhora do Monte do Carmo – pelos religiosos de São Jerónimo, do Convento da Costa, invadindo a capela, disparando armas, roubando e danificando imagens e também ameaçando o frade (1731).



Reúne correspondência dirigida a Leão Henriques, de António Fernando Pereira Pinto de Azevedo para João Correia Xavier sobre pagamentos.



Inclui a certidão de baptismo e de óbito passada pelo abade António Lomba y Flores, no bispado de Tui, reino de Galiza.



Compreende requerimentos, e certidão passada aos beneficiados e ecónomos da Matriz de São Clemente, da vila de Loulé, e também informações sobre o compromisso da Confraria do Santíssimo Sacramento da Matriz da vila do Torrão, e da Confraria do Rosário situada na mesma Matriz, para se poder confirmar e emitir provisão (1768).



Contém o aviso régio dirigido ao cardeal da Cunha relativo à consulta sobre frei João de Mansilha, e a representação de Rodrigo José, em Tavira, acerca da Provisão de 22 de Agosto de 1767 sobre as confrarias.



Compreende o requerimento do padre Domingos Gomes, da freguesia de Banho, termo da vila de Barcelos, a solicitar a suspensão, e certidão médica passada por Feliciano Barbosa de Mendonça, acórdão, requerimentos de Bento da Silva Brabo - morador na Cúria de Roma -, a solicitar uma certidão com o teor de um edital quando foi preso nos cárceres do Santo Ofício da Inquisição de Lisboa relativa a credores, e ainda da requerente Antónia Duarte, filha do juiz do Fisco, falecido, dirigida ao inquisidor-geral, a fim de reaver as três arcas com os seus vestidos que lhe foram apreendidas à cinco anos em Coimbra (1677).



Contém o requerimento de Pedro de Melo e Ataíde, morador em Lisboa, a certidão do livro de confessados passada a favor do seu pai Luís Correia da Paz (1735), bem como o traslado em pública-forma da escritura de venda, quitação e obrigação feita entre partes, por Pedro Sanches Farinha, comendador da Ordem de Cristo, secretário das mercês e expediente, viúvo de D. Luísa de Baena, e por Luís Correia da Paz, em 1673.



Inclui a informação sobre o arrendamento feito a simão Vaz, entre outros, da Comenda de Alcanede (1635).



Reúne um conjunto documental pertencente ao Juízo do Fisco:

- Requerimento de Aleixo de Freitas, escrivão do judicial na vila de Tomar, a solicitar licença para comprar as casas que pertenceram a António Rodrigues Zuzarte, postas em leilão, e de Manuel da Costa (tesoureiro do Fisco de Coimbra) preso na cadeia da cidade.

- Informação de Cristóvão M. de Castelo Branco sobre a fazenda do Fisco (1636), pareceres do juiz do Fisco acerca do Regimento das Confiscações (1633), e também sobre diversas petições, correspondência.



Contempla correspondência expedida pela Inquisição de Coimbra relacionada com o número de familiares do Santo Ofício existentes em Vila Pouca de Aguiar, listas, e resposta (1728-1806), e de João de Azevedo Pacheco Sacadura Botte, dirigida a Manuel Ferreira de Mesquita sobre o provimento de oficiais do Fisco de Évora.



Contém correspondência remetida por Inácio de Araújo Gondim, vigário da Povoação de Santo Amaro, no Brasil, sobre diligências efectuadas nos livros de baptismo e de casamento (1764).
Physical location
Tribunal do Santo Ofício, mç. 31
Previous location
Documentos por identificar
Language of the material
Português e espanhol
Type of container
Outro
Creation date
24/02/2011 00:00:00
Last modification
10/07/2017 13:28:17