Digital representation
Digital representation thumbnail

Maço 25

Description level
Instalation unit Instalation unit
Reference code
PT/TT/TSO/0025
Title type
Formal
Date range
1591 Date is certain to 1819 Date is certain
Dimension and support
85 doc. (193 f.); papel
Custodial history
Em 2010, perante a desorganização encontrada dentro desta unidade de instalação, em virtude da documentação não se apresentar separada em capilhas, os documentos foram separados e acondicionados, tendo as capilhas sido numeradas sequencialmente - que podem conter documentos simples, ou documentos compostos ou macetes - tal como foram os respectivos conteúdos (desde que apresentassem dois ou mais fólios escritos e estivessem desprovidos de foliação original) de modo a possibilitar o mínimo de controlo físico.

Contém documentos truncados.

Este trabalho foi desenvolvido por Maria Filomena de Sequeira Carvalho (Torre do Tombo).

Scope and content
Contém documentação pertencente ao Conselho Geral, Inquisição de Lisboa, de Coimbra, de Évora, bem como do Brasil, de Goa (Índia).



Inclui denúncias do cura Henrique Correia, na Igreja de Nossa Senhora da cidade de Bragança, contra um penitente por não usar o hábito na romaria de Nossa Senhora da Serra – 1591- Coimbra, bem como do comissário Luís Pinto de Mendonça Barbosa, entre outros).



Integra correspondência do comissário António Rodrigues da Natividade acerca de desacatos e também sobre um curandeiro, rascunhos sobre apresentados (Lisboa), carta de José Correia Baptista, prior de Grândola, sobre uma denúncia que deveria ser sigilosamente investigada, pois "a experiência tem mostrado que muitas denúncias que se remetem a esta Mesa não são dirigidas pelo espírito da piedade e religião, mas sim fomentadas de sinistras intenções procurando pelos meios mais iníquos a satisfação dos seus ódios".



Contém a apresentação na Mesa por ordem do Santo Ofício, do padre frei José da Madre de Deus, missionário do Convento de Santo António do Varatojo, a fim de ser repreendido, por ter apoiado o padre frei António do Sacramento quando pregou na Missão um sermão contra os teólogos da cidade do Porto, e a obrigar o padre a pedir perdão (1733), e correspondência dos inquisidores de Coimbra trocada com o cónego prebendado da Sé do Porto, Manuel dos Reis Bernardes, acerca dos padres missionários do Varatojo, e da pregação do padre frei José da Madre de Deus, entre outros (inclui a cópia de um texto entregue a frei José).



Reúne um conjunto de denúncias maioritariamente da Inquisição de Coimbra, nomeadamente uma remetida do Peso da Régua, bem como de Francisco de Sousa e Almada sobre a Viscondessa dos Ingleses impedindo uma escrava de se converter ao catolicismo (Lisboa).



Inclui também, a denúncia de José Ângelo Lacheras, de 19 anos, solteiro, estudante de filosofia, filho do médico António José Lacheras contra livreiros que vendiam livros proibidos, e uma consulta dos inquisidores de Lisboa Pedro Mexia de Magalhães e Bento de Beja de Noronha acerca de impressão de livros.

Compreende os requerimentos de frei José da Conceição, religioso de Nossa Senhora do Carmo, a solicitar licença para defender as "Resolutiones Theologicas" (1695), e do padre frei João Coutinho, prior do Convento de Nossa Senhora do Carmo da vila de Setúbal, a solicitar licença para imprimir o sermão que pregou nas exéquias do príncipe D. Teodósio (1653), bem como de Paulo Martin e Filhos, que pretendiam despachar os livros que se encontravam na Alfândega solicitando a licença régia.



Contempla uma sentença de desembargo: requerimento dos filhos de Manuel Cardoso para receberem o dinheiro relativo ao vinho que tinham na Quinta do Mosteiro e que tinha sido sequestrado pelo Juízo do Fisco, em virtude da denúncia da mulher de Bento da Costa, de Lamego, e carta de sentença de D. Filipe III sobre um auto cível de embargo feito entre os filhos do falecido Manuel Cardoso, da cidade de Lisboa, entre outros (1628-1629).



Contém requerimentos de Cristóvão de Andrade Freire, de Anastácia Maria do Carmo e certidão de baptismo passada a seu filho João Paulo Bureau e apontamentos genealógicos, bem como do bacharel Casimiro Barreto Ferraz de Vasconcelos, corregedor da comarca de Guimarães, e para carta de familiar.

Integra correspondência enviada pelos inquisidores de Lisboa, para Rodrigo Álvares Corcho ser localizado e preso, e resposta sobre o seu paradeiro, provisão do cardeal da Cunha, pública-forma de escrituras de quitação e de renúncia de Sebastião Mendes de Mesquita.



Inclui correspondência relativa ao número de familiares existentes na vila de Mourão e informação.



Integra uma consulta do cardeal da Cunha dirigida ao rei, a propor José dos Santos Palma, para o lugar de juiz do Fisco de Coimbra e despacho, requerimento de José Joaquim da Silveira, da cidade de Coimbra, porteiro das chaves do Tribunal do Santo Ofício, a solicitar alvará de soltura para em liberdade demonstrar a sua inocência, informação dos inquisidores.



Inclui correspondência (dos inquisidores, de António Álvares Guerra, na vila de Santo António do Recife de Pernambuco, a dar conta da entrega de alguns presos na cadeia da dita vila, de Joaquim Marques de [Azevedo] dirigida a António Veríssimo de Larre e António da Costa Lima, bem como remetida da Baía), provisão régia passada a Filipe Bandeira de Azevedo para tomar juramento de familiar, conhecimentos de recibo do transporte de presos do Rio de Janeiro.



Contempla requerimentos do padre João António Simões a solicitar o cargo de comissário do Santo Ofício da Inquisição de Lisboa, de Francisco António Dinis e Carvalho, filho do capitão António Martins Dinis e de D. Beatriz Constantina Antónia de Carvalho, e certidão de óbito passada pelo pároco Francisco de Horta e Foios, em Peniche, bem como de Paulo Clemente, sobrinho dos desembargadores António Cogominho de Vasconcelos e Sampaio, e de João António de Vasconcelos Cogominho e Sampaio, a requerer o lugar de juiz do Fisco de Évora, e ainda, de Manuel Joaquim de Macedo, capelão fidalgo da Casa Real e cónego prebendado na Sé de Évora, dos oficiais do Fisco relativo ao pagamento de propinas, relação de diligências efectuadas.



Contém informações dos inquisidores de Coimbra relativas a pagamentos destinados aos guardas dos cárceres, provisão e requerimentos de António Rodrigues Gabriel a requerer o ofício de escrivão da Décima do Fisco da Repartição de Vila Nova da Barca, certidões passadas a Manuel José da Cunha sobre a sua conduta, declarações de vigários em como receberam editais.



Compreende a informação de António de Castel Branco, religioso da Congregação de Estremoz, sobre averiguações genealógicas que foram efectuadas relativamente ao noviço, filho de Manuel Rodrigues Dourado e de Isabel Rodrigues, de Portalegre, tendo sido difamado de descender de infamados por via materna por "diabólicos inimigos", entre outros (1732-1733).



Contempla o requerimento de Conrado Becker, natural da cidade de Hamburgo, a requerer o lugar de assistente na dita cidade, bem como propostas dirigidas ao rei de Portugal pelos missionários da Companhia de Jesus sobre a necessidade de haver um padre católico em Hamburgo (inclui documentos em latim com as assinaturas das dignidades eclesiásticas precedidas de lacre).



Inclui o catálogo de escritores da Companhia [de Jesus], isto é, da biografia dos seguintes padres:

- Estêvão Cardeira, natural de Alvito, entrou no noviciado em 1634 e faleceu em 1694;

- Estêvão Fagundes, natural de Viana do Minho, entrou no noviciado em 1594 e faleceu em 1645;

- Diogo de Areda (sobrinho do primeiro), natural de Arraiolos, entrou no noviciado em 1615 e faleceu em 1671;

- Diogo Lopes, natural da vila de Beringel, Évora, entrou no noviciado em 1608 e faleceu em 1649;

- Diogo Monteiro, natural da freguesia de Nossa Senhora da Graça, Évora, entrou no noviciado em 1577 e faleceu em 1634.



Compreende o requerimento do padre frei Francisco Coelho, da Ordem dos Pregadores e prior do Convento de São Sebastião de Setúbal, bem como carta dos inquisidores de Lisboa dirigida a Luís de Cabedo de Vasconcelos, para averiguar se os priores do dito Convento faziam as visitas às naus estrangeiras juntamente com os oficiais da Alfândega e com os da Torre, praticando-se furtos, a ponto dos capitães atearem fogo nas próprias embarcações.



Contém a pauta do juiz e mais devotos que hão-de festejar a Conceição de Nossa Senhora, na Igreja de Santa Justa (1805-1806), correspondência remetida pelos inquisidores de Évora sobre os processos de vários réus, incluindo a queixa relativa a Manuel Rodrigues Dourado, morador em Portalegre, apontamentos do Conselho Geral relativos a requerimentos referindo o da queixa anterior, listas de nomes.



Contempla um recibo de despesa, e apontamentos de diligências efectuadas a Jacinta Rosa, filha de Manuel de Matos e de Maria Henriques, apontamentos relativos a cobrança.



Inclui uma carta de Vicente Lobo de [Azevedo], remetida de Goa (Índia), dirigida a João de Figueiroa Pinto, seu primo, fidalgo da Casa Real e sargento-mor de um dos Regimentos da Guarnição da cidade do Porto (1767).



Reúne a certidão de baptismo de António, filho de António Vaz Silveira e de Beatriz Barradas, passada por Domingos Pina, e uma carta de Hugo Maguiere, procuração de António Francisco de Ornelas, presbítero secular, e reconhecimento da assinatura, requerimento de Domingos Teixeira e sua mulher, que foram cativos em Argel e provisão para pedirem esmola no bispado de Coimbra, entre outros.

Physical location
Tribunal do Santo Ofício, mç. 25
Previous location
Documentos por identificar.
Language of the material
Português e latim.
Type of container
Outro
Notes
Em março de 2016, o documento foi intervencionado pelo Gabinete de Conservação e Restauro do ANTT.
Creation date
24/02/2011 00:00:00
Last modification
28/03/2016 14:30:50