Digital representation
Digital representation thumbnail

Maço 8

Description level
Instalation unit Instalation unit
Reference code
PT/TT/TSO/0008
Title type
Formal
Date range
1598 Date is certain to 1801 Date is certain
Dimension and support
84 doc. (474 f., 24 f. em branco); papel
Custodial history
A documentação deste maço apresenta-se separada em capilhas que podem conter documentos simples, ou documentos compostos ou macetes, como resultado de procedimentos seguidos ao longo do tempo.

Em 2009, perante a desorganização encontrada dentro desta unidade de instalação, os documentos foram separados e acondicionados em capilhas, tendo sido numeradas sequencialmente, tal como o foram os respectivos conteúdos (desde que apresentassem dois ou mais fólios escritos e estivessem desprovidos de foliação original), de modo a possibilitar o mínimo de controlo físico.

Contém documentos truncados.

Trabalho desenvolvido por Anabela Antunes (Torre do Tombo) e descrição elaborada por Maria Filomena de Sequeira Carvalho (Torre do Tombo).
Scope and content
Contém uma representação do padre Matias [Damiano] da Silveira, um requerimento do prior da igreja matriz de Nossa Senhora da Anunciada, da vila de Setúbal, o testemunho de Cristóvão da Costa de Évora e de sua mulher Andreia da Costa de Évora, contra o padre frei Manuel de Vila Real, do crime de solicitação, bem como um sumário de testemunhas, no qual se afirma que havia portugueses que passavam para o reino da Galiza, datado de Tui.

Inclui a pública-forma de uma procuração passada na cidade do Pará, Brasil, -"Devoção que mandou o Papa Leão a Carlos Magno, em nome de Deus e da Virgem Maria", responso.

Integra documentação alusiva ao Fisco de Lisboa: arrematação de bens, parecer.

Reúne documentos pertencentes ao Conselho Geral, tais como, um parecer sobre o "discurso do Padre Fabre" sem matéria proibitiva, dado por frei João Baptista de São Caetano, do Convento de São Bento da Saúde, de Lisboa, correspondência sobre livros proibidos, certidões de óbito, certidão de frei Ambrósio de Jesus, confessor, frade Menor de Observância de São Francisco.

Integra documentação alusiva a penitenciados pelo Santo Ofício: requerimento do padre José Ribeiro Dias, penitenciado no auto da fé, de 24 de Setembro de 1747, informação dos inquisidores e atestado médico, requerimentos de comutações de degredo, e também do padre Manuel Botelho, penitenciado.

Contempla a cópia de crónicas narrativas e descritivas do Brasil, posteriores à expulsão dos Jesuítas: abordagem do estudo das abelhas, da viagem marítima pelos portos dos sertões, dos povos, de episódios ocorridos em Pernambuco, da capitania do Maranhão, de aldeias habitadas por índios, nomeadamente a de Vila Viçosa Real, entre outros.

Contém uma elegia dedicada ao padre Bernardo da Silva, da Congregação do Oratório, de Pernambuco, e uma epígrafe dedicada ao padre Vicente Alexandre Tovar.

Reúne documentação relativa a receita e despesa de vários cartórios: do tesoureiro Alexandre Henrique Arnaut, correspondência de Jácome Esteves Nogueira, laudémios de uma quinta situada no lugar de Arrentela, cuja importância se destina ao Cofre da Provedoria das Capitanias, bem como correspondência remetida de Goa e endereçada ao secretário André Corsino de Figueiredo, do tesoureiro Manuel Correia da Fonseca, de Manuel Luís da Ascensão a solicitar ajuda de custo, recibo, contas, arrematação de bens, lista de dívidas de presos, rol de obras da casa do juiz do Fisco, conhecimentos das décimas, cautela e recibo relativos a comissários do Santo Ofício.

Compreende documentação da Inquisição de Coimbra (e também do Juízo do Fisco): comissão de frei Pedro da Purificação, prior do Convento de Nossa Senhora dos Remédios, de Carmelitas Descalços, de Lisboa, dada ao padre frei João de Santa Teresa, para elaborar uma informação de Manuel Fernandes Homem, e o examine, a fim de entrar na Ordem dos Carmelitas Descalços (inclui selo de chapa), documento do papa Alexandre VII “In nomine Sanctissime et Individuae Trinitatis Patris, et Filii, et Spiritus Sancti”, passado a favor de Manuel Ferreira da diocese de Lamego (inclui selo de chapa); carta de frei Alfonso de San Vitores de la Portilla, bispo de Zamora, do exame e aprovação do diácono Manuel Ferreira, da diocese de Lamego; requerimento do padre Manuel Ferreira para ser examinado pelo vigário de Almendra, afim de poder celebrar missa, e despacho do deão de Lamego, carta dimissória concedida ao padre Manuel Ferreira da Fonseca, cura na Igreja do lugar de Peredo (bispado de Lamego) para que possa ausentar-se do arcebispado e deslocar-se a Madrid, Ávila, e celebrar missa, licença passada também em Espanha (inclui selos de chapa), correspondência de António Ferrão de Castel Branco para João Correia Xavier, datada de São Pedro de Franca, Viseu, pública-forma de uma procuração passada em Trancoso, correspondência endereçada a Manuel Correia da Fonseca, e outra enviada de Bagaúste, Peso da Régua, acerca de uma dívida do mestre de campo Francisco de Sá Coutinho.

Contempla o contrato de obrigação feito entre António Dias e António Francisco obrigando-se a cultivar as terras pertencentes à quinta, propriedade do primeiro, traslado da petição, réplicas, despachos e termo relativo ao suplicante Roberto Jansen, cônsul da nação Britânica, morador no Porto.

Contém a consulta régia de 1713, dirigida ao cardeal da Cunha sobre a "Lei do Extermínio" e a resposta dos Inquisidores de Coimbra (1687-1688), certidão passada por Pedro A. Galega Soromenho, sargento-mor do Regimento de Artilharia do Porto, aquartelado na Praça de Valença do Minho, a favor de Diogo Ferrier (inclui selo de lacre vermelho), declarações, parecer sobre a profissão da religião feita por um herege apóstata, entre outras questões, dado por Luís Ribeiro de [?], declaração de Francisco Inácio Furtado, de como tem em seu poder os autos crimes do autor: Francisco Luís, e António de Abreu, contra Bernardo José dos Santos, entre outros.

Contém um relato de manifestações de santidade e visões elaborado por uma rapariga de mais de doze anos de idade, não identificada, orações pertencentes a Maria de Almeida, correspondência acerca da denúncia contra Maria Gomes de talhar o ar e lançar sortes, entre outros.

Compreende inquirições: do inquisidor João Duarte Ribeiro feitas ao réu Domingos Garcia, preso, outras acerca do crime de solicitação de frei Francisco de Vasconcelos, da Ordem de São Bernardo, morador no Convento de São Pedro das Águias, do comissário José Lopes de Melo feita a Maria de Matos, bem como uma carta executória sendo autor a Fazenda Real do Santo Ofício, e réu Luís Carlos Dordaz Sarmento Anhaia de Vasconcelos, fidalgo da Casa Real, da cidade de Miranda do Douro.

Contém ainda, a lista de presos entregues e distribuídos cabendo a Aleixos Nunes e Bento Nunes, o traslado do assento inserto no caderno dos assuntos da visita geral do Santo Ofício, culpas do réu Gonçalo Correia de Mesquita, cristão-velho, de Vila Real e abjuração "de leve", inquirição de testemunhas contra João da Paz Rodrigues, cristão-novo, casado com Isabel Pereira, natural da Vilarinho dos Galegos, de culpas de judaísmo, e sumário de testemunhas contra Adrião Dias, de culpas de judaísmo. Reúne ainda, autos, culpas e confissões de Diogo Nunes, cristão-novo, natural da Vila de Pinhel, bispado de Viseu, e também de Catarina Lopes, informação contra algumas pessoas de Carrazedo, Montenegro, Cortiços, Paço do Outeiro e Miranda, comissão para diligências, contraditas, culpas contra Baltasar de Pina da Fonseca, com parte de cristão-novo, apresentado.

Integra um apontamento sobre o preso frei Raimundo da Costa Penaforte, de 43 anos de idade, religioso professo da Ordem de Jesus Nazareno,

Reúne documentação da Inquisição de Évora, a saber:

- correspondência;

- ordem dos Inquisidores ao juiz do Fisco, do distrito de Évora para interrogar Sebastião Martins Cardeira, preso na cadeia, auto de perguntas feitas ao preso;

- ordens de soltura, informação, para se interrogar Brás Rodrigues, cristão-novo, morador em Tavira, e traslado de inquirição de testemunhas;

- requerimento e culpas contra Simão Rodrigues, cristão-novo, da cidade de Beja, do crime de judaísmo.

- inquirição de testemunhas contra João Rodrigues Filipe, natural de Olivença, sodomita.

- requerimento sobre a troca do nome de Florência Mendes, com uma homónima de "infecta" nação, ascendente de um requerente.

Physical location
Tribunal do Santo Ofício, mç. 8
Previous location
Documentos por identificar
Language of the material
Português, espanhol, latim, italiano
Type of container
Outro
Creation date
17/12/2009 00:00:00
Last modification
29/04/2011 21:48:32